O que é a Palilalia?

Palilalia é um distúrbio raro da fala em que a pessoa repete involuntariamente palavras, frases ou sentenças que acabou de falar, várias vezes.

Última revisão da página: 4 de setembro de 2023

Palilália: O que é e como se apresenta


Palilalia é um distúrbio raro da fala em que o falante repete involuntariamente palavras, frases ou sentenças que acabou de falar, várias vezes. A audibilidade da fala do indivíduo normalmente diminui e muitas vezes acelera a velocidade a cada iteração. Observou-se também que a palilalia ocorre na fala espontânea e raramente na fala automática, como cantar ou recitar peças memorizadas. A palilalia pode ocorrer em indivíduos com distúrbios como esquizofrenia, doença de Parkinson, doença de Alzheimer, transtorno do espectro do autismo, síndrome de Tourette, infarto talâmico, paralisia supranuclear progressiva ou calcificação idiopática dos gânglios da base.

O diagnóstico da palilalia é feito atendendo aos requisitos da própria definição. É diferente da ecolalia, que ocorre quando um indivíduo repete uma frase ou sentença que acaba de ser dita por outra pessoa. Outro diagnóstico diferencial importante a considerar é a gagueira. A palilalia difere da gagueira porque a palilalia é uma repetição de fala de uma palavra ou palavras inteiras que ocorrem no final da fala; a gagueira, por outro lado, pode incluir repetições de sons ou palavras no início ou meio de frases e também pode se apresentar como prolongamento de sons vocálicos ou dificuldade para iniciar um som completamente.

Albert Einstein, por volta dos seis anos de idade, durante um ano repetia para si mesmo, num sussurro, tudo o que dizia. Aparentemente, a Palilalia é mais comum em crianças muito inteligentes.

A palilalia pode se apresentar como parte da progressão de uma causa orgânica subjacente. Existem estudos para ajudar a desenvolver tratamentos, na forma de modificação comportamental, para indivíduos que apresentam palilalia como resultado de doença funcional. Algumas pesquisas sugerem que indivíduos com transtorno do espectro do autismo podem diminuir a ocorrência de palilalia sendo ensinados a usar linguagem escrita, comportamento governado por regras e técnicas de automonitoramento.


A BR Terapeutas é uma plataforma de anúncios de profissionais da saúde e da educação especial que atendem pessoas com deficiência. Criada por uma fonoaudióloga que também é mãe atípica, viemos para facilitar a vida da comunidade PcD.

Referência

Na BR Terapeutas você encontra terapeutas especializados em Pessoas com Deficiência, tais como fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, neuropsicopedagogos, fisioterapeutas etc.

Você pode encontrar profissionais perto de você no site BR Terapeutas.